Musculação também ajuda a emagrecer

categs4

musculação ajuda a emagrecer

#Inspiração

Oi, gente, tudo bem?

Como já comentei no twitter, ando passada com a energia que a cafeína tem me proporcionado. Sério, é impressionante. Tô até com pique para musculação – o que considero um milagre, já que paciência para ficar repetindo as tais sequências de levantamento de peso não é comigo.


Mas, além do pique repentino que tomou conta de mim, uma notícia que encontrei me deixou ainda mais motivada: musculação ajuda a emagrecer! Pois é, sempre fui daquelas que preferia fazer power jump, step ou qualquer outra aula aeróbica a ficar na frente do espelho levantando peso, só pra definir. Mas o legal que descobri (acredito que vocês já sabiam, mas há quem faça parte do meu time dos desinformados) é que, ao associar a musculação com outra atividade aeróbica, os benefícios são ainda maiores no processo de emagrecimento.

Na matéria da Minha Vida, o educador físico Gustavo Neves Abade, treinador de corrida e condicionamento físico da Assessoria Branca Esportes – São Paulo, explica que quando fazemos musculação, conseguimos realizar atividades aeróbicas mais potentes por mais tempo, além de acelerar a queima de calorias. Formidável! Sem contar que músculos fortes consomem mais energia, o que aumenta o metabolismo basal e obriga o nosso corpo a consumir mais calorias.

Quer estímulo melhor que esse?! =)

Fonte: Minha Vida

Anúncios

Documentário: Muito além do peso

categs4

Acho que tudo está conspirando ao meu favor (para não desistir de tentar emagrecer hehe). Cheguei no trabalho hoje e, mal coloquei o pé no primeiro degrau da escada, um colega me chamou para dar uma dica de conteúdo para as redes sociais da nossa marca. Era o vídeo “Muito Além do Peso”.

O documentário tem cerca de uma hora e meia de duração, mas é tão impressionante que não dá para parar de assistir (ou de ouvir, no meu caso). Por meio de histórias reais e alarmantes, o ele promove uma discussão sobre a obesidade infantil no Brasil e no mundo. Discute por que 33% das crianças brasileiras pesam mais do que deviam.

Ele nos faz pensar sobre os nossos hábitos. Atitudes que estão tão impregnadas no nosso dia a dia que nem as percebemos mais. Me identifiquei muito com esse documentário. Não que eu tenha sido uma criança obesa. Ao contrário, meus avós e meus pais cuidaram muito bem da minha alimentação quando eu era pequena. Mas, hoje, realmente cometo deslizes que, depois de assistir a esse vídeo, vou pensar algumas boas dezenas de vezes antes de repeti-los.

Claro que não precisamos ser radicais a ponto de eliminar tudo isso da nossa dieta alimentar (se bem que o nosso corpo só agradeceria), mas se reduzirmos seu consumo consideravelmente, transformando-os em exceção e não em regra, já melhoramos e muito a nossa saúde (e sobretudo dos nossos pequenos).

Como disse, me identifiquei com o vídeo inteiro, mas destaquei alguns trechos que me tocaram bastante:

“A criança obesa é uma criança que tem muita vergonha, pois ela não tem como esconder o próprio corpo. Então ela sempre encontra um jeito de disfarçar o que todo mundo enxerga. Ela esconde o próprio corpo usando uma camiseta mais larga, ela se sente uma pessoa excluída.”

“1 pacote de biscoito recheado equivale a 8 pãezinhos franceses!”

biscoito

 “O que mais fazemos várias vezes ao dia é comer. Isso deve ser tão importante na experiência educacional das nossas crianças quanto a leitura, a escrita e a aritmética.”

obesas

Bom, gente, fica a dica do vídeo. Vale a pena assistir! E principalmente, repensar nossas atitudes e alimentação.