Dieta detox: Primeira semana superada e 3kgs a menos!

Oi, gente! Depois de muito descontentamento porque meu peso tinha estacionado (eu estava me alimentando teoricamente corretamente e me matando na academia e no muay thai), criei vergonha na cara e procurei ajuda de uma nutricionista – que por sorte … Continuar lendo

Circuito Cau Saad – experimentei e amei!

Quem aí gosta de circuito? Sábado fui conhecer o Circuito Cau Saad, que rolou no heliponto do hotel Tivoli, aqui em São Paulo. Já estava mega animada pelo fato de treinar em um heliponto, mas ao chegar lá e ver … Continuar lendo

Playlist para esteira: Inna

esporte

E aí gente, tudo bem?
Quem aí está pegando firme na academia? Esse friozinho dá uma preguiça…. Mas temos que lembrar que somos mais fortes que ele! Aliás, vocês sabiam que o inverno é a melhor estação para queimar calorias?

Pois é, li numa reportagem que é o melhor momento para eliminar os excessos é no inverno mesmo porque, para aquecer o corpo no frio, o nosso organismo gasta mais energia, o que acelera o metabolismo.

correndo_na_esteira

Inspirada, fui procurar algumas músicas para turbinar o Ipod para encarar a esteira hehe Foi então que encontrei alguns mixes da Inna, uma cantora romena. Achei muito bacana e dão para vários treinos, sejam curtinhos, de 20 – 30 minutos, até um pouco mais puxados, com cerca de 1 hora. Bora conferir?

 

 

Todos já foram para o meu Ipod e amanhã vou correr curtindo um sonzinho bem bom! =) E aí, vocês têm alguma música para indicar para uma playlist top pra corrida?

Beijo Beijo

Exame de graduação em Muay Thai : Consegui!

esporte

Gente, tudo bem?

Quem acompanha minhas redes sociais (e o blog) já sabe que estou praticando Muay Thai (e amando!). Já falei dos benefícios dessa atividade física aqui.

Bom, ontem foi meu Exame de Graduação em Muay Thai! Fui promovida a Kruang Branco (em outras palavras, deixei de ser iniciante!).

Muay Thai10

Eu e o Mestre Marcos Ramos! Graduada! =) // Foto by Karisa Lima

Comecei nessa atividade com o único interesse de emagrecer e tonificar o corpo, mas descobri que é muito mais que isso.  A luta ajuda a relaxar, extravasar, ter mais confiança, entre muitos outros benefícios.

Confesso que ainda não me sinto pronta para subir no ringue, mas que estou pronta para dar umas porradas (de leve)…. Quem sabe?! Hahaha

O Exame foi uma experiência muito legal. Confesso que estava bastante nervosa, primeiro porque estava sendo avaliada (mesmo que em grupo) e segundo devido à presença de convidados e, principalmente, pela presença do Mestre Alvaro de Aguiar, que é técnico de Boxe formado pelo Comitê Olímpico Internacional e Campeão Americano e Mundial de Muay Thai (IMTO), que nos avaliou. Ele é mestre e treinador do nosso, o Mestre Marcos Ramos (para quem quiser conhecer um pouco da história e dos diversos títulos do Mestre Ramos, clique aqui). Mas ocorreu tudo com tranquilidade. Ficamos tão à vontade que parecia mais que estávamos em uma aula, e não em uma avaliação. Foi muito gostoso.

Separei algumas foteeenhas para vocês, pois quero compartilhar esse momento que foi bem especial.

Muay thai 11

Pede pra sair! rs // Foto by Karisa Lima

muay thai 1

Foto by Marcos Ramos

muay thai 2

Foto Marcos Ramos

Muay thai 4

Mestre Ramos explicando as regras dos combates! // Foto by Marília Maciel

Muay thai 5

Meninos lutando! Um dia quem sabe eu não subo lá… hehe // Foto by Marília Maciel

Muay thai 6

Foto by Karisa Lima

Muay Thai 8

Foto by Ariane Correa

Muay Thai7

Foto by Karisa Lima

Muay thai 9

Toda orgulhosa com a graduação! =) // Foto by Karisa Lima

 

PS: Gente, mais fotos na FanPage!

 

Cheguei na academia sem saber nadica de nada e, com paciência (principalmente do Mestre e dos companheiros de luta, que diversas vezes me ajudaram, me ensinaram, que não ligaram para quando eu “atrapalhava” o treino deles – já que eram mais graduados que eu – que me deram vários toques e exigiram sempre o melhor de mim) e treinamento, ontem provei que aprendi alguma coisa e que posso melhorar ainda mais. Estou compartilhando isso com vocês porque sei que tem muita gente que diz não querer experimentar artes maciais ou algum outro esporte porque simplesmente “não tem jeito para isso”. Todo mundo tem jeito para alguma coisa.

Algo que aprendi e aprendo diariamente é que tudo é questão de treino. Sempre que eu falava que não conseguia realizar algum movimento porque não tinha coordenação para isso, o Mestre falava que o que eu não tinha era treino.

Então, gente, se joga em algum esporte! Vale a pena! É excelente para quem quer ter uma vida saudável! 😉

Beijo Beijo

Bala de gelatina com frutas

balanca

Oi gente! Tudo bem?

Passei rapidinho por aqui para dar uma incrementada numa sugestão que dei há um tempinho: a bala de gelatina…. Só que agora com pedacinhos de frutas.

Sério, fica uma delícia e dá ainda mais saciedade, ou seja, é uma ótima dica para quem está em processo de reeducação alimentar com o objetivo de perder peso. É super prático. Basta fazer a receita, conforme indiquei neste post, picar a fruta da sua preferência e que combine com o sabor da gelatina e pronto, é só por na geladeira!

Eu escolhi uma gelatina de amora e combinei com uvas picadas.

IMG_3518

Foto by Marília Maciel

Ela ficou assim:

IMG_3516

Foto by Marília Maciel

IMG_3517

Foto by Marília Maciel

Depois é só cortar a gelatina em quadradinhos. Fica uma delícia!

Espero que gostem!

Beijo Beijo

Macarrão que ajuda a emagrecer

balanca

Oi, gente tudo bem?

Navegando por aí, me deparei com uma matéria falando de um tal macarrão milagroso, que ajuda a emagrecer. Minha reação no momento da leitura da chamada foi: “Oi?? Como assim??”

Pois é, a reportagem é antigazinha, mas confesso que nunca tinha escutado falar desse tal macarrão milagroso. Quer dizer,  já o comi, pois adoro a culinária japonesa, mas não sabia que ele era ele. #Tendeu? Conhecido como itokonnyaku, o macarrão é composto por 97% de água e 3% de fibras de glucomannan.

Geral , nigela

Calma, você deve ter feito a mesma pergunta que eu: “Mas que raios é glucomannan?”

Fui pesquisar e encontrei que o glucomannan é um tipo de fibra alimentar solúvel em água, extraída de raízes da planta konjac. Ela é bastante usada para aliviar a prisão de ventre, pois ajuda a diminuir o tempo do trânsito pelos intestinos até ser expelido pelo organismo.

Curiosa sobre o tal macarrão que emagrece, conversei com a Rúbia Maciel, nutricionista da Natue, e ela me explicou que, por ser feito com bastante fibras, ele dá uma sensação de saciedade precoce maior, criando uma espécie de gel no nosso estômago, quando em contato com líquido, o que nos faz comer menos. Seria algo bem parecido com o efeito que a chia produz no nosso estômago. Falando em chia, olha esse vídeo da Rúbia explicando um pouquinho sobre os benefícios da chia:

Ok, voltemos ao macarrão. Apesar de ter apenas 10 calorias, na reportagem fica claro que ele não pode ser a base da dieta, pois também não tem vitaminas, sais mineirais e proteínas, ou seja, nutrientes importantes para nosso organismo.

Mas ó, não é porque ele tem pouca calorias que você vai abusar no molho, né? Sácomoé … Se arrasar no molho, não há pouca caloria que resista rs.

Uma combinação que a reportagem sugere é comer o macarrão com legumes cozidos no vapor, frango grelhado ou filé de peixe. #ValeTentar

Ouvi falar que esse macarrão itokonnyaku pode ser encontrado na região da Liberdade, aqui em São Paulo. Acho que vou ter que dar um pulinho lá…. Hehe  #Vaique

Contudo, uma coisa que aprendi desde que comecei a trabalhar com produtos naturais é que não existe milagre. O que existe é força de vontade e perseverança. Isso quer dizer que: uma alimentação balanceada e atividade física, independentemente, do suplemento ou “milagre” utilizado, ainda são a chave do sucesso. 😉

Alguém aí já experimentou ou tem vontade de experimentar esse macarrão “milagroso”? Estou curiosa pra saber…. =)

Beijo Beijo

Benefícios do mamão e receita de suco saudável

categs4

Oi gente, tudo bem?

Não sei vocês, mas eu confesso que não sou fã de mamão. Contudo, faço o esforço de comê-lo praticamente todos os dias, pois sei que faz bem para a saúde. Aliás, vocês conhecem os benefícios do mamão?

Mamão

Foto by Marília Maciel

Andei dando uma pesquisada e conversando com algumas nutricionistas e aprendi que:

  • É ótimo para o funcionamento do intestino: pois o mamão possui enzimas e fibras que facilitam a digestão.
  • Alivia sintomas da sinusite: de acordo com a revista Health, um estudo alemão mostrou que o mamão possui uma enzima chamada bromelina que ajuda reduzir o muco e a inflamação. E olha que eu sofro bastante com a sinusite. Mais um motivo para continuar a comer mamão (#xatiada). 
  • É fonte de betacaroteno: O betacaroteno ajuda no combate ao colesterol, estimula o nosso sistema imunológico e também age como antioxidante, prevenindo o envelhecimento precoce da pele. Sem dizer que ajuda na duração daquela cor do verão show de bola, pois atua como “bronzeador natural”. (Para saber mais sobre betacaroteno, clique aqui)

Quem não curte muito comer a fruta pura em si, pode experimentá-la em vitaminas ou sucos. Aliás, separei uma receitinha de suco que minha vó costumava fazer bastante para mim (afinal, ela tinha que me fazer consumir mamão de alguma maneira hehe): mamão, laranja, cenoura e mel.

O bom desse suco é que, além de gostoso, é muito nutritivo, contém vitaminas, fibras e sais minerais. Ele também é ótimo para dar aquela segurada no apetite. Como a cenoura também é fonte de betacaroteno, nossa pele agradece, pois ela fica mais jovem e bonita!

Confira a receitinha do suco de mamão, laranja, cenoura e mel (aliás, já falei dos benefícios do mel neste post):

INGREDIENTES

Suco de 2 laranjas

1/2 mamão papaya

Cubos de gelo a gosto e água gelada

Mel para adoçar

MODO DE PREPARO

Espremer as laranjas e reservar

Descasque o mamão tirando toda a casca e a semente, corte em pedaços.

Raspe a cenoura.

Coloque o mamão e a cenoura no liquidificador juntamente com a água e bata até obter uma mistura homogênea.  Depois acrescente o suco das laranjas, os cubos de gelo e o mel.

Bata novamente.

Pronto! É só beber! 😉

Espero que gostem!

Beijo beijo

Wraps saudáveis com maçã e mel

comer

Oi gente!
Tudo bem? Esses dias estão díficeis postar.. É tanto trabalho que tô ficando doidinha! #MasAssimQueEhBom, né, não?!

Como ando sem tempo até pra comer, resolvi investir nos wraps de novo. Lembra que postei aqui um wrap que fiz com banana seca? Então, agora experimentei mais 2 ideias, e olha, ficaram bom demais da conta!

Fiz um com pedaços de frango, presunto defumado, pedacinhos de mussarela, tomate e mel e outro com queijo branco, peito de peru, maçã e mel. Sério, ficaram incríveis! Vale experimentar!

IMG_3393

Wrap de pedaços de frango, presunto defumado, pedacinhos de mussarela, tomate e mel // Foto by Marília Maciel

IMG_3391

Wrap de queijo branco, peito de peru, maçã e mel. // Foto by Marília Maciel

Não sei se vocês sabem, mas o mel é um alimento rico em carboidratos (frutose, glicose, sacarose e maltose) e minerais (como, cálcio e ferro). Além disso, o mel também tem propriedades terapêuticas. Entre suas várias propriedades, é legal destacar que o mel é um revigorante natural.

E a maçã então? Ela é ótima, pois possui vitamina A, B1, B2 e C e sais minerais, como ferro, cálcio e fósforo. Sem dizer que é um excelente hidratante, por conta do seu teor de água. Ah, a maçã ainda tem bastante fibras solúveis, o que é bom para a regulação do nosso intestino.

Bom, se vocês experimentarem (e se gostarem… ou não) me digam! Estou curiosa pra saber hehe

Beijo Beijo

Benefícios de pular corda

balanca

Oi, gente! Tudo bem?

Já mencionei aqui no blog que no treino de Muay Thai a gente pula corda (6 minutos diretos! Saiu quase morrendo rs). Eu gosto desse exercício, mas cansa bastante. Então, visando melhorar meu desempenho na hora de pular corda no treino, resolvi “desenterrar” o presente que meu amigo Thiago (professor de educação física e personal trainer) me deu quando fui morar nos EUA (a fim de que eu pudesse continuar me exercitando por lá): uma corda.

IMG_3339

Foto by Marília Maciel

Resolvi que a partir de agora ela será minha companheira de academia. A ideia é fazer, todo dia, pelo menos 10 minutos de corda, depois da esteira e antes da musculação. Para estimular vocês a experimentarem (e aderirem) esse exercício, fui pesquisar alguns benefícios. Confiram:

pular corda 1

– Esse exercício exige um ótimo condicionamento físico e, consequentemente, queima muitas calorias. 15 minutos pulando corda pode equivaler a mais de 45 minutos de corrida.

– Uma mulher de 60kgs, em 11 minutos, pode gastar cerca de 123 calorias pulando corda. Claro que o gasto calórico varia de acordo com a composição corporal de cada pessoa, grau de treinamento físico e intensidade do esforço.

– Pular corda pode definir várias partes do nosso corpitcho! Por exemplo, pular com uma perna só e ir revezando pode trazer belos resultados na definição de pernas. Também é uma atividade ótima para definir barriga, braço e muito mais!

– Sem dizer que pular corda é pra lá de divertido. #Dica: Uma coisa que costumava fazer quando pulava corda mais frequentemente era colocar uma música bem animada no Ipod e praticamente dançar enquanto pulava. Experimente. Você vai curtir! 😉

pular corda 2

Ah, vale ressaltar que aquelas pessoas que estão muuuuito acima do peso devem evitar pular corda, já que os saltos sobrecarregam o joelho em 3 a 5 vezes. Mas, se você já faz musculação, costuma subir escadas e tal, se não sente nenhum tipo de dor (seja nas costas, joelho, enfim) aí, ok, pode fazer o exercício.

Bora pular corda, genteeee! =)

Beijo Beijo

Referências:

Coca-Cola

Bem Estar

Portal Educação

Biscoitos Palitos Salgados de Linhaça Marrom são ótima opção para complementar nosso prato

categs3

Oi gente! Tudo bem?

Não sei se vocês conhecem (eu não conhecia até mês passado), mas tem uns biscoitos palitos de linhaça marrom que são uma loucura! Me viciei neles. Passei a levá-los como lanche pro trabalho, até que hoje de manhã, na hora em que estava preparando a marrrrrrmita, me bateu uns 5 minutos de criatividade e resolvi acrescentar uns biscoitinhos no meu almoço (peixe e salada).

IMG_3247

Foto by Marília Maciel

Não é que ficou uma delícia?!

Então, meninas, eu adoooooro batatinhas palha, aí, do nada, resolvi substitui-las por essa linhaça marrom. E ficou tudo de bom. O crac-crac é igual. Durinho. Gostoso. Deu um tchan-na-na no prato. Uma ótima opção de almoço leve e saudável.

biscoito-palitos-linhaca-marron-150g-sabor-alternativo-10881-6927-18801-1-product

Além de gostoso e possuir ingredientes naturais, os Biscoitos Palitos Linhaça Marrom  da Sabor Alternativo são:

  • Livres de Aromatizantes Artificiais
  • Livres de Conservantes
  • Livres de Corantes Artificiais
  • Livres de Adoçantes Artificiais
  • Sem Açúcar
  • Sem Glúten
  • Sem Lactose

Benefícios da linhaça marrom:

A linhaça marrom possui gorduras do tipo poli-insaturadas, entre as quais se destaca o ácido alfa-linolênico (ALA), um precursor dos ácidos graxos da família ômega 3 e ácido linoleico o precursor de ômega 6. Ou seja, faz suuuuuper bem pra gente!

Além disso, a linhaça é rica em vitaminas A, B, D e E, bem como minerais e fibras solúveis e insolúveis que são excelentes para ajudar na regulação do nosso intestino, sem contar que prologam a sensação de saciedade, ou seja, a gente sente menos vontade de comer.

Vale a pena experimentar. Ficou uma delícia! =)

Beijo Beijo

 

Intercâmbio engorda?

viajar

COMIDA

Isso aí é macarrão DENTRO da carne, no palito! — Minnesota State Fair // Foto Arquivo Pessoal // Marília Maciel

Oi gente, tudo bem?

Eu estava fuçando no Twitter quando vi umas meninas comentando que tinham muita vontade de fazer intercâmbio, mas que tinham receio de engordar durante a viagem, afinal, principalmente os Estados Unidos têm a fama de ser um local propício para ganho de peso (o que, vamos combinar, não é tão mentira assim).

Aí, lembrei que tinha feito um post no blog da agência de intercâmbio ExpoMundi há um tempo e resolvi resgatá-lo e compartilhá-lo com vocês, pois, não quero que deixem de curtir essa experiência por conta de achar que vão engordar na Terra do Tio Sam (ou onde quer que resolvam morar temporariamente).

Bom, primeira coisa que temos que ter em mente é que não é o intercâmbio que engorda, mas sim as delícias que ele nos proporciona. Sei que é complicado resistir à praticidade dos hambúrgueres americanos, ou às pastas italianas, ou mesmo à comida chinesa… Enfim, é tanta coisa para a gente experimentar, saborear que não é de se estranhar que a balança marque alguns pontinhos a mais.

Contudo, mais uma vez, não vai ser a viagem que vai te engordar. É a sua força de vontade (ou a falta dela). Eu, por exemplo, sou uma amante convicta de comida, como já deixei bem claro aqui rs. Como tudo. Como muito! Inclusive até aprendi a comer coisas que jamais achei que fosse comer, como: brócolis, vagem, couve-flor, etc. Viu, o intercâmbio é ótimo para aprender a ter novos hábitos alimentares também! Afinal de contas, comida faz parte dessa nova cultura com a qual você está aprendendo a lidar.

Porém, no meu primeiro ano de intercâmbio nos Estados Unidos, em 2008, perdi 7 (sim, SETE!) quilos nos primeiros três meses! E depois ainda consegui manter o peso ao longo do tempo que passei lá! Aproveitei o fim da primavera, o verão e o outono de lá para curtir as outdoor activities, ou seja, as atividades ao ar livre. Então, se você vai viajar ou está muito a fim de fazer um intercâmbio, mas está com receio de engordar, calma, aqui vão alguns exemplos de coisas que fiz, que você também pode fazer e assim manter a forma enquanto curte a viagem:

Aproveite seu time off (tempo livre) – Como eu era au pair e tinha que cuidar de crianças, aproveitava o horário em que as crianças estavam na escola para ir para o lago para caminhar, andar de bike ou de patins. Também aproveitei bastante o fato de que durante o verão só escurecia lá para às 9h da noite, então também andava de bicicleta no lago após o jantar.

patins

Minha amiga Vanessa e eu andando de patins no Lake Calhoun, Minneapolis, Minnesota // Foto Marília Maciel

Procure uma academia – No verão é muito gostoso fazer exercício ao ar livre, mas quando o inverno dá as caras, corra para uma academia! Não deixe de fazer exercício físico. Uma dica: as academias, pelo menos nos EUA, costumam ser mais baratas que aqui no Brasil, então aproveite! E se você der sorte, a família até te coloca como beneficiária do plano de academia que ela possui. Assim, você pode malhar e nem precisa pagar! Ó que beleza?!

PT_Individual_F_01

Foto by LifeTime Fitness

Corra, brinque, volte a ser criança! – Se você for au pair, aproveite para brincar muuuuito com as crianças. Vá para parques, piscinas… Participe mesmo. Nada de ficar só olhando. Se ficar sentada só pastorando, não vai ter santo que te ajude a emagrecer, né?

PARQUE

Eu e Dan, um dos babies que eu cuidava — Wolf Park, St Louis Park, Minnesota // Foto by Marília Maciel

Dance! – É a melhor dica de todas. Dance muito na balada (claro, isso se você tiver 21 anos ou mais, pois menores de 21 não são permitidos nos bares e baladas – pelo menos nos EUA). Funcionou para mim pelo menos. Bom, horas dançado até pingar em cima de um salto tinha que trazer mais benefícios do que apenas dores nos pés, não é mesmo?!

dance

Minha amiga-irmã Kah na balada que eu amo Sneaky Pete’s, Minneapolis, Minnesota // Foto Mariana Milani

Mas sério, enquanto estiver viajando curta tudo o que puder curtir. Só não vale exagerar, afinal, tudo em excesso faz mal. Mas uns pontinhos a mais na balança não vai matar ninguém. Só uns pontinhos, não uns pontãos!

Espero que tenham curtido as dicas! E se vocês tiverem alguma dica de como fazer para manter (ou tentar) a forma durante as viagens, deixem nos comentários! =)

Beijo Beijo

Receita para almoço prático e saudável: Wrap Misto com banana Crocante

comer

Oi gente!

Resolvi inventar um pouquinho… hehe Como estava com pressa, fiz um wrap super fácil, prático e gostoso para trazer de almoço pro trabalho.

IMG_3136

Foto by Marília Maciel

Peguei um pão tipo tortilha, duas fatias de presunto light e uma de mozarela. Coloquei no micro-ondas por 10 segundos só para dar uma amolecida no queijo.

IMG_3132

Foto by Marília Maciel

Cortei umas fatias bem fininhas de tomate, uns pedaços de alface, pus um pouquinho de azeite e sal para temperar e acrescentei umas rodelinhas de banana crocante.

IMG_3133

Foto by Marília Maciel

Essa bananinha fez toda a diferença porque, por ser crocante, ela parecia batatinha (como minha amiga disse, cabeça de gordo, pensando em batatinhas rsrs). Além disso, deu um toquezinho doce. Fica muito bom!

A banana é boa porque é uma fruta rica em carboidratos de fácil digestão, assim como fibras dietéticas, vitaminas B2 e B6, o que oferece bastante benefícios ao nosso organismo. Sem contar que é rica em potássio, ou seja, ajuda a equilibrar a água do corpo.

banana-crocante-30g-jasmine-9441-1640-1449-1-product

Essa bananinha crocante da Jasmine eu comprei na Natue. Aliás, a mammys comprou, lembra que mencionei aqui? Mas vocês encontram em alguns supermercados. Aliás, encontrei na Chocolândia por acaso.

IMG_3135

Foto by Marília Maciel

Gostaram da dica?! =)

Beijo Beijo

Benefícios do Muay Thai

esporte

Oi Gente! Tudo bem?

Hoje vim falar sobre um esporte que comecei há mais ou menos um mês e pelo qual estou cada vez mais apaixonada: Muay thai.

tumblr_mb4xdsMkcy1qzb9ulo1_500_large

Essa arte marcial, também chamada de Boxe Tailandês, tem sido cada vez mais procurada principalemente pelas mulheres que têm o objetivo de emagrecer e definir o corpo, ao contrário dos  caras, que normalmente querem aprender a lutar mesmo.

Hoje em dia é muito fácil encontrar academias que têm aulas de muay thai. E, normalmente, as aulas estão sempre lotadas! Eu não faço muay em academia “normal”, faço em uma academia especializada em aulas de artes marciais, a Ramos Lutas (além de gostar de aprender com um mestre mesmo, amei o ambiente. A galera parece uma família mesmo, sabe?! Me sinto muito bem lá!).

Muay Thai é muito bom! É dinâmico e até divertido. Há séries de corridas, de pular corda, flexões, abdominais, etc. Não estranhe se achar que vai desabar na primeira meia hora de aula. É uma sensação normal. Cansa pra caramba. Mas a vontade de persistir normalmente fala mais alto.

Essa arte marcial, além de trabalhar os membros superiores, naturalmente requisitados em treinos de boxe, também exige muitos chutes, o que acaba pegando muito nas pernas e abdomên.

IMG_3119

Foto by Ramos Lutas

Segundo o mestre Nelsimar dos Santos, presidente da Federação de Muaythai Tradicional do Estado do Rio de Janeiro, em entrevista dada ao reporter da Revista Saúde, “essas atividades aeróbicas melhoram o condicionamento físico e fortalecem toda a musculatura”.

IMG_3115

Detalhe promeu pé… preto preto! haha (Foto by Ramos Lutas)

Lembro que logo no primeiro dia de treino o mestre Ramos me explicou que o Muay Thai ajuda a emagrecer porque acelera o metabolismo, pois combina exercícios aeróbicos com anaeróbicos (claro que a regra de aliar uma alimentação saudável também é aplicada aqui).

Mas se você não sabe o que são exercícios aeróbicos e anaeróbicos (como eu também não sabia), segue uma rápida explicação:

Exercícios aeróbicos: Nesse tipo de exercício, o oxigênio funciona como fonte de queima dos substratos que vão produzir a energia transportada para o músculo em atividade. É um exercício de longa duração, contínuo e de baixa e moderada intensidade, que estimula a função dos sistemas cardiorrespiratório e vascular, bem como o metabolismo, uma vez que aumenta a capacidade cardíaca e pulmonar para suprir de energia o músculo a partir do consumo do oxigênio. Exemplos: correr, andar, nadar, dançar, etc..

Exercícios anaeróbicos: Exercícios que utilizam uma forma de energia que independe do uso do oxigênio. É um exercício de alta intensidade e curta duração, envolvendo um esforço intenso realizado por um número limitado de músculos e onde há produção de ácido lático. Exemplos: musculação, saltos, arremesso de peso, etc.

O Muay thai, além de ajudar a eliminar as gordurinhas e definir o corpo, tonificando glúteos, braços, ombros, costas, barriga, pernas e panturrilha (claro que para isso é preciso regularidade. A Organização Mundial da Saúde recomenda 150 minutos de atividades aeróbicas por semana, dividos, preferencialmente, em 5 dias), é excelente para melhorar coordenação motora, flexibilidade, reflexos e ainda aumenta nossa auto confiança .

Uma coisa que me chamou bastante atenção é a melhora na disciplina. Não sei como funciona nas demais academias, mas lá onde eu treino, o mestre cobra demais de nós. Sempre quer que tenhamos disciplina em tudo que fazemos, bem como respeito para com todos. O mais legal é que, parando agora para refletir, percebo que minha disciplina em outros momentos  da minha vida melhorou também e eu nem tinha me dado conta (foi no automático).

Para o Muay Thai você irá precisar de bandagens, luvas e protetores bucais.

530528_10200356645343766_2006548593_n

Meu uniforme!! (Foto by Marília Maciel)

Confesso que “apanhei” para caramba até aprender a colocar as bandagens…

fc722eba6b2611e2bd8822000a9d0df8_7

Foto arquivo pessoal // Marília Maciel

Por isso fui procurar um video para facilitar a vida de vocês hehe:

Ah, olha a fotenha do último treino! =) Awww Ficou bem legal! Tudo com cara de mau haha. O de camisa preta é o mestre Ramos.

IMG_3117

Foto Ramos Lutas

Vale super a pena experimentar o Muay Thai! Tenho certeza de que vocês vão curtir!

Beijo Beijo

Referências:

Revista Saúde

Zero Hora

Mais Equilíbrio

Academia Ramos Lutas

Estragando a dieta no aniversário

balanca

Dieta e aniversário não combinam, né?! Eu não gosto de comemorar meu niver, mas confesso que não resisto às doçuras e guloseimas que surgem nessa data! =)

O dia começou bem, sem coragem de ir pra academia. Até acordei, levantei, mas voltei pra cama. “Hoje eu posso”. Sei que não posso pensar assim, mas não resisti. Aí, se não bastasse, ainda ganho flores com macarons e brigadeiro… Dieta? Oi? Pra que mesmo?

IMG_3098[1]

Foto by Marília Maciel

E ainda vem bolo por aí…. Haja academia e luta nos próximos dias!

Trilha sonora para abdominal: Cupid Shuffle

musica

A aula de bike hoje foi sensacional! Confesso que achei que não ia aguentar. Ela durou apenas 30 minutos (isso porque foi apenas demonstração da nova professora), mas confesso que fiquei imaginando como será quando a aula for de 1 hora realmente. Sobreviverei?!  Só sei que foi bom demais.

Melhor ainda é saber que estou no caminho para cumprir minha meta. Faltam apenas 1,5kg para a conquista da primeira etapa. Estou cada vez mais empolgada. Sem dizer que estou super motivada com a musculação também, ainda mais depois que a PhÊ Brito me mostrou uma matéria  super legal, falando sobre os benefícios da musculação, que ajuda a emagrecer.

Mas o que eu queria dividir com vocês na verdade é a minha sugestão de música para abdominal. Não sei vocês, mas quando não estou na aula de abdominal, fazer o exercício sozinha é muito chato. Por isso, preciso de uma música para dar um up.

Uma que eu curto muito, além de me lembrar meus tempos de Minnesota, mas principalmente porque tem um ritmo muito legal, que permite uma sequência de alternância de pernas bem  bacana é a  “Cupid Shuffle”, do Cupid. (Nossa, adorava dançar essa música na balada lá nos Estados Unidos #MomentoRemember).

Essa parte da música é bem legal para trabalhar a gordurinha mais da lateral:

To the right, to the right, to the right, to the right (você trabalha a perna direita, puxando e empurando, mantendo-a flexionada)
To the left, to the left, to the left, to the left (aqui faz a mesma coisa, porém com a pena esquerda)
Now kick, now kick, now kick, now kick (aqui você alterna as pernas. Cada “kick” você trabalha uma)
Now walk it by yourself, now walk it by yourself (aqui volta para as duas juntas)

Dá para repetir a sequência durante o refrão também. Pega bastante. Eu pelo menos sinto muuuito o abdômen quando utilizo essa música!

Bom, espero que vocês curtam e experimentem. Depois me contem o que acharam, tá?

Ah, mas antes de irem, vocês têm alguma música que curtam muito para fazer abdominal?

Beijo beijo

Musculação também ajuda a emagrecer

categs4

musculação ajuda a emagrecer

#Inspiração

Oi, gente, tudo bem?

Como já comentei no twitter, ando passada com a energia que a cafeína tem me proporcionado. Sério, é impressionante. Tô até com pique para musculação – o que considero um milagre, já que paciência para ficar repetindo as tais sequências de levantamento de peso não é comigo.


Mas, além do pique repentino que tomou conta de mim, uma notícia que encontrei me deixou ainda mais motivada: musculação ajuda a emagrecer! Pois é, sempre fui daquelas que preferia fazer power jump, step ou qualquer outra aula aeróbica a ficar na frente do espelho levantando peso, só pra definir. Mas o legal que descobri (acredito que vocês já sabiam, mas há quem faça parte do meu time dos desinformados) é que, ao associar a musculação com outra atividade aeróbica, os benefícios são ainda maiores no processo de emagrecimento.

Na matéria da Minha Vida, o educador físico Gustavo Neves Abade, treinador de corrida e condicionamento físico da Assessoria Branca Esportes – São Paulo, explica que quando fazemos musculação, conseguimos realizar atividades aeróbicas mais potentes por mais tempo, além de acelerar a queima de calorias. Formidável! Sem contar que músculos fortes consomem mais energia, o que aumenta o metabolismo basal e obriga o nosso corpo a consumir mais calorias.

Quer estímulo melhor que esse?! =)

Fonte: Minha Vida

Documentário: Muito além do peso

categs4

Acho que tudo está conspirando ao meu favor (para não desistir de tentar emagrecer hehe). Cheguei no trabalho hoje e, mal coloquei o pé no primeiro degrau da escada, um colega me chamou para dar uma dica de conteúdo para as redes sociais da nossa marca. Era o vídeo “Muito Além do Peso”.

O documentário tem cerca de uma hora e meia de duração, mas é tão impressionante que não dá para parar de assistir (ou de ouvir, no meu caso). Por meio de histórias reais e alarmantes, o ele promove uma discussão sobre a obesidade infantil no Brasil e no mundo. Discute por que 33% das crianças brasileiras pesam mais do que deviam.

Ele nos faz pensar sobre os nossos hábitos. Atitudes que estão tão impregnadas no nosso dia a dia que nem as percebemos mais. Me identifiquei muito com esse documentário. Não que eu tenha sido uma criança obesa. Ao contrário, meus avós e meus pais cuidaram muito bem da minha alimentação quando eu era pequena. Mas, hoje, realmente cometo deslizes que, depois de assistir a esse vídeo, vou pensar algumas boas dezenas de vezes antes de repeti-los.

Claro que não precisamos ser radicais a ponto de eliminar tudo isso da nossa dieta alimentar (se bem que o nosso corpo só agradeceria), mas se reduzirmos seu consumo consideravelmente, transformando-os em exceção e não em regra, já melhoramos e muito a nossa saúde (e sobretudo dos nossos pequenos).

Como disse, me identifiquei com o vídeo inteiro, mas destaquei alguns trechos que me tocaram bastante:

“A criança obesa é uma criança que tem muita vergonha, pois ela não tem como esconder o próprio corpo. Então ela sempre encontra um jeito de disfarçar o que todo mundo enxerga. Ela esconde o próprio corpo usando uma camiseta mais larga, ela se sente uma pessoa excluída.”

“1 pacote de biscoito recheado equivale a 8 pãezinhos franceses!”

biscoito

 “O que mais fazemos várias vezes ao dia é comer. Isso deve ser tão importante na experiência educacional das nossas crianças quanto a leitura, a escrita e a aritmética.”

obesas

Bom, gente, fica a dica do vídeo. Vale a pena assistir! E principalmente, repensar nossas atitudes e alimentação.

Desafio Aceito!

tumblr_mh01j5JSUq1s3uqoio1_500_large

Oi, gente! Estou aqui, em mais um blog. Dessa vez é pra valer. Esse negócio de ser específico, de falar de um determinado assunto apenas não dá certo. Não comigo. Como sou uma mistura de sentimentos, nada melhor que misturar tudo o que eu gosto (e até o que eu não gosto), não é mesmo?

Então, nesse cantinho vou falar sobre dicas de viagem, prazes da gastronomia (que no meu caso se aplica mais à degustação – ou “devoração” mesmo), minhas brigas com a balança, minhas tentativas de atividade física, entre outras coisas. Alías, para começar, tenho que compartilhar uma coisinha com vocês, que na verdade foi o que me inspirou a criar este espaço: meu desafio em perder 17 quilos.

É. Estou precisando mesmo. Sorry, mas não vou revelar meu lindo pesinho a vocês. Já passei por essa experiência desagradável de ter que contar pro meu namorado e não vou repetir a dose, né? Mas, a melhor parte dessa situação (se é que podemos dizer que existe alguma), é que, diante das minhas lágrimas (por estar cada vez mais insatisfeita com minha imagem), ele disse que iria me ajudar e me propôs um desafio: A cada 5 quilos perdidos eu ganho uma viagem.

Isso mesmo. Também achei que ele estava zoando, mas já me avisou que está olhando os pacotes. Quer estímulo melhor que esse? Ele bem tentou um estímulo parecido antes, me oferecendo roupas, mas eu falhei. Mas dessa vez me propus a vencer. Não pelas viagens unicamente (ok, elas estimulam bastante), mas principalmente por querer conseguir voltar a me olhar no espelho e me sentir bem, sabe? É triste olhar para as fotografias e ver como eu tinha um corpo razoável, ver que eu entrava nas roupas que eu tanto gosto e que hoje, bem… Hoje elas enfeitam meu closet apenas.

Mas eu vou conseguir. E aqui vai ser o espaço para compartilhar cada conquista e aprender com vocês também! 😉

Desafio aceito!  Ah, e sejam super bem-vindos a esse cantinho. Espero poder passar informações legais para vocês receber várias de vocês também! =)