Ditadura da Magreza

anorexia

Ao abrir meu email pessoal, vi uma mensagem de uma leitora do blog pedindo para eu compartilhar com ela minha dieta, pois tinha um casting no início do próximo mês e precisava perder 5kg rapidamente. Claro que fui stalkear a garota e, como já imaginava, ela é absolutamente linda. Parece uma boneca. Fiquei procurando em que parte do corpo ela precisava perder tantos quilos. Claro que não encontrei.

Então logo me veio à mente a garota do muay thai, a qual vi uma, no máximo, duas vezes. Era modelo também. Tinha 15 anos. Bonita. Não tanto quanto essa leitora, mas muito bonita também. Sinceramente, um “vara-pau”, como diríamos no nordeste. Chegou no muay thai dizendo que precisava perder 5 kg porque a agência mandou. Perder quilo onde, gente?! Qualquer pessoa de bom senso mandaria a menina comer. Comer feito gente e ganhar, no mínimo, uns 10 quilos. Mas a menina não comeu. Desmaiou na primeira aula.

É, essa é a babaquice que essas agências de modelos fazem com meninas cada vez mais jovens. Deixam-as obcecadas pela magreza, trabalham nelas a ideia de que nunca está suficiente, que sempre precisam emagrecer mais. E o que temos? Cada vez mais jovens anorexas, bulímicas, enfim, doentes.

skinny
Claro, que não estou satisfeita com minha aparência, quero emagrecer (aliás, se elas precisam perder 5kg, eu então, tô ferrada!), mas uma coisa que aprendi foi que a saúde vem em primeiro lugar. Não adianta nada perder tudo de uma vez, por métodos perigosos, e depois ter que repor tudo no hospital, ou mesmo naturalmente, virando refém do famoso efeito sanfona.

Não sou a pessoa mais correta desse mundo. Já corri para o banheiro e coloquei pra fora tudo o que comi lá na mesa inúmeras vezes. Mas hoje melhorei. Felizmente, essa cena não se repete mais. Entendi que a balança não é parâmetro (apesar de ela estar no meu banheiro ainda e me olhar desconfiada todas as vezes que entro lá – eu a ignoro. Juro. Ao menos tento.), que músculos também pesam e que um corpo saudável é mais bonito que um corpo magérrimo.

Mesmo sabendo que cada um é cada um, senti que precisava desabafar e pedir para essas meninas, que são lindas sim, não virarem reféns dessa ditatura da beleza, ridícula e nada saudável, só porque as agências disseram que estão “fora do padrão”. Padrão do quê? De espeto? De cabide?

Meninas (e meninos), tenham amor pelo seu corpo. Ele é o seu templo. O segredo para uma boa saúde e consequente ótima aparência é o equilíbrio. Tudo em excesso faz mal.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s