Drible a alta do dólar nas férias e viaje com economia

viajar

As férias de julho estão aí. Não pra mim… Mas tudo bem!

large (5)

Bom, nesta época muita gente decide viajar, inclusive para outros países. Contudo, neste ano, quem já tinha planejado a viagem levou um susto: a alta do dólar que, no fim das contas, representa um aumento de até 20% nos gastos. #Xatiada.

Esse aumentou me pegou de jeito também. Tudo bem que minha viagem é para outubro, mas já vou ter que rever alguns planos de compras e passeios… =(

Mas calma. Não vamos desanimar!  Hoje no Programa Mais Você, o turismólogo Francisco Frare deu algumas dicas para que a gente consiga economizar um pouquinho, curtir as férias de boa e sem ter que nos preocuparmos com conta no vermelho na volta ao trabalho. Se liga só:

  • Deixe o cartão de crédito em casa: não use o cartão de crédito se possível. Caso contrário, ficará à mercê do imposto e o IOF (Imposto Operações Sobre de Crédito), muito mais alto que o cartão de débito ou dinheiro em espécie.
  • Planeje, organize tudo direitinho: Veja quanto dinheiro você tem, quantos dias pretende ficar e divida esse valor pelos dias: você tem o dinheiro por dia. Controle o dinheiro dia a dia. Se extrapolar em um dia, segure no seguinte.

large (6)

  • Coma gastando menos: Procure hotéis que têm café da manhã incluído na diária. Caso não tenha, não tem problema. Faça as refeições fora do hotel, pois é mais barato. Sorvetinho durante o passeio? Só se for algo extraordinariamente diferente. Do contrário, evite. Assim você não gasta dinheiro com besteiras. Ou, se está realmente com muuuuuita vontade daquele sorvete, por exemplo, tente tomá-lo em lugares que não são pontos turísticos, pois ali tende a ser mais caro. Na hora de almoçar ou jantar, já tenha em mente o restaurante. Evite chegar no estabelecimento com fome, pois se você está morrendo de fome, vai gastar.
  • Cuidados com outras moedas: Mesmo que você viaje para lugares em que a moeda não é o dólar, fique atento!  Se usar cartão, a conversão é em dólar e a moeda pode subir ainda mais.
  • Como controlar as compras: Fala sério, é complicado resistir às promoções lá fora não é?! Mas uma dica legal de evitar dor de cabeça quando voltar à realidade é viajar com uma mala média. Se a gente viaja com muito espaço na mala (ou malas), acabamos comprando mais. Outra dica é tentar fazer compras no final da viagem. Aí você sabe quanto sobrou e quanto pode gastar.
  • Economia com transporte: Em países da Europa e nos Estados Unidos, o transporte público é muito bom. Aposte em bilhetes que dão direito a vários dias de uso. Outra coisa é organizar a viagem: concentre os passeios em áreas da cidade em que você possa caminhar porque economiza muito mais.
  • Mudar ou adiar a viagem? Cancelar a viagem pode sair caro também. Evite mudar o destino, pois já que você se programou, você quer ir pra lá. Mais vale gastar o dinheiro no que você quer do que no que não quer. O melhor nesse momento é controlar os gastos.

Beijos Beijos

Anúncios

Um pensamento sobre “Drible a alta do dólar nas férias e viaje com economia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s